EGP | https://egp.jundiai.sp.gov.br

Segunda turma do curso de Horta Urbana completa capacitação

Publicada em 08/11/2021 às 13:33

Os mais de 20 selecionados para cultivar espaços públicos para a formação de Hortas Urbanas em Jundiaí encerraram a capacitação no último sábado (06), na Unidade de Desenvolvimento Ambiental (Unidam). Os ‘alunos-agricultores urbanos’ seguem para as próximas etapas do programa que contempla a formalização do uso da área e o preparo do terreno para o cultivo.

De acordo com o o gestor da Unidade de Gestão de Planejamento Urbanos e Meio Ambiente (UGPUMA), Sinésio Scarabello Filho, o programa agrega qualidade de vida, oportunidade econômica e uso de vazios urbanos da cidade. “Conseguimos unir inúmeros pontos positivos com esse programa, que oportuniza a geração de renda, potencializando a economia criativa com a produção e comércio de verduras e legumes de qualidade com o acréscimo de melhorar a qualidade urbanística e ambiental do bairro”, comenta.

Ao todo, 22 pessoas completaram a capacitação, que contou com atividades práticas e teóricas sobre o cultivo de hortaliças e leguminosas, o trato com a terra, adubação, irrigação e o manejo de pragas. De acordo om o gestor da Unidade de Gestão de Agronegócio, Abastecimento e Turismo (UGGAT), Eduardo Alvarez, a parceria entre as unidades da Prefeitura de Jundiaí e órgãos externos garante o sucesso da empreitada. “A capacitação garante conhecimento para que esses selecionados cultivem os espaços e possam produzir com qualidade. A equipe técnica acompanhará o desenvolvimento das ações nos bairros da cidade”, explicou.

Com o encerramento da fase de formação, grupo segue para as definições de áreas para uso e demais processos para a possibilidade de cultivo

Os alunos-agricultores aprovaram as atividades de capacitação. Para Lourdes Aparecida Gomes dos Santos, as palestras mudaram seu olhar. “Aprendi muita coisa. São informações importantes para o trabalho”, comentou.

Para Elvis Barbosa de Lima, a formação realizada em quatro semanas foi essencial para ele. “O conteúdo é vasto. Para a formação dos terrenos, os agricultores podem atuar em forma de mutirão para o início das atividades”, sugeriu.

Fases

De acordo com a a diretora de Urbanismo da Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA), Sylvia Angelini, o próximo passo para o grupo será a definição das áreas de cultivo junto com os alunos formados. “A definição das áreas que poderão ser utilizadas leva em consideração aspectos como topografia e insolação dos terrenos. A partir de agora, o trâmite contará com o processo de cessão de uso do solo, construção do cercamento e demais fases para a implantação da horta”, detalhou.

Ainda de acordo com a diretora, “o trabalho em parceria com colegas de outras unidades tem gerado um ótimo resultado. Importante destacar neste curso as aulas do José Cova (Unidam), sobre técnicas de plantio, e do Lourival Fagundes (Ugaat), sobre agrofloresta”, completou.

Lançado em junho de 2021, o programa desenvolvido pela Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA), visa oferecer áreas públicas sem uso para o cultivo de hortaliças, ervas aromáticas, plantas medicinais, aromáticas e frutíferas, e com isso incentivar a alimentação de boa qualidade e o trabalho da população. 

O programa Horta Urbana tem como coordenadora Rita De Francesco Stringari e conta com o apoio das Unidades de Agronegócio, Abastecimento e Turismo, Infraestrutura e Serviços Públicos, Assistência e Desenvolvimento Social, Escola de Gestão Pública, Governo e Finanças, Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural.

Selecionados participaram de formação teórica e prática para o cultivo de hortas

Assessoria de Imprensa PMJ
Fotos: Fotógrafos PMJ



Link original: https://egp.jundiai.sp.gov.br/2021/11/08/segunda-turma-do-curso-de-horta-urbana-completa-capacitacao/